fbpx

terça, 30 de novembro de 2021

Carol Braz deixa Sejusc de olho nas eleições

A saída nos últimos minutos do prazo estipulado pelo TSE indica que ela deve concorrer nas eleições deste ano. Segundo especulações, Carol deve concorrer à Prefeitura de Manaus.

4 de junho de 2020

Compartilhe

Há quatro meses das eleições municipais, a defensora pública e secretária de Estado, Caroline Braz, se desincompatibilizou do cargo que exercia à frente da Secretaria de  Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (SEJUSC).

 A manobra feita nos últimos minutos do prazo dado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para titulares de cargos como o de secretários de estado se candidatarem aos cargos majoritários, nas eleições deste ano, confirma as especulações de que ela deve concorrer à prefeitura de Manaus.

Caroline é defensora Pública e atuava no Núcleo de Defesa da Mulher, da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM). Ela foi aprovada no concurso de 2005 da instituição e foi alçada ao cargo de secretária de estado pelas mãos do vice-governador e também defensor público, Carlos Almeida Filho, em fevereiro do ano passado.

O desempenho de Caroline na pasta chamou atenção pela desenvoltura política e, mesmo com a crescente tensão no relacionamento entre o governador Wilson Lima (PSC) e o vice Carlos Almeida Filho (PTB), que culminou na entrega do cargo de chefe da casa civil no mês passado, ela se manteve a frente da Sejusc e com carta branca no governo.

Contudo, Carol não participou de qualquer atividade do PSC Mulher divulgada pelo partido. Recentemente, a delegada Débora Mafra, que foi titular da Especializada em Violência Contra Mulher da Polícia Civil do Amazonas, assumiu a presidência do PSC Mulher, o que pode sinalizar que a defensora Carol Braz escolheu outro partido para se filiar e disputar o pleito.

Resta saber se ela vai se unir ao vice- governador, que é presidente do PTB, nessa disputa. A frente da Sejusc, Carol Braz desenvolveu políticas públicas populares que as aproximaram ainda mais da população e assim como Carlos Almeida Filho ela também realizou atividades nos conjuntos habitacionais Residencial Viver Melhor.

Veja mais notícias

Teste de publicação agendada

A Bemol comemora nesta sexta-feira (13) mais um aniversário como empresa referência para a sociedade amazonense desde 1942. Nascida em Manaus e presente nos estados Amazonas,

13 de agosto de 2021

Acompanhado da filha, David despede-se da mãe em Igreja no Morro da Liberdade

O candidato David Almeida antecipou o horário de votação para enterrar a mãe, dona Rosa, marcado às 10h deste domingo no cemitério Morro da Liberdade.

28 de novembro de 2020

Ex-candidatos lamentam falecimento da mãe de David Almeida

Após a morte de Dona Rosa Almeida, vários ex-candidatos a prefeito de Manaus que concorreram neste pleito emitiram nota de solidariedade à família.

28 de novembro de 2020

Boa Vista: Pesquisa aponta vitória de Arthur Henrique com 79% dos votos

Levantamento foi feito entre os dias 24 e 26 de novembro e ouviu 602 pessoas na capital Boa Vista. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral com o n° RR 07926/2020.

28 de novembro de 2020

Belém: Justiça proíbe divulgação de pesquisa que aponta Eguchi à frente

A pesquisa do Instituto Ecodatta coloca Eguchi com 52% das intenções de voto contra 40,4% de Edmilson, dados diferentes da última pesquisa Ibope divulgada.

28 de novembro de 2020

2° turno na capital terá fiscalização do Ministério Público Eleitoral

Crimes como boca de urna, compra de votos, transporte de eleitores por candidatos poderão ser denunciados ao Ministério Público para apuração e fiscalização imediata.

28 de novembro de 2020

Campanha encerra mais cedo após morte da mãe de David Almeida

Os candidatos Amazonino Mendes e David Almeida cancelaram atividades de campanha na tarde deste sábado (28), devido a morte de Dona Rosa Almeida, ocorrida nesta manhã.

28 de novembro de 2020

Mesmo no pior cenário, média das pesquisas aponta vitória de David

Levantamento, comparando as médias das últimas pesquisas eleitorais, revelou que Amazonino perderia o 2º turno e David conquistaria a vitória, elegendo-se prefeito de Manaus.

28 de novembro de 2020